Mais de 100 pés de maconha são encontrados em Pouso Alegre, MG

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Pelo menos 110 pés de maconha foram encontrados no final da tarde desta segunda-feira (24) no Loteamento Pão de Açúcar, no Bairro Faisqueira em Pouso Alegre (MG). A Polícia Militar informou ter localizado os pés plantados em um terreno da Rua 10. Ninguém foi preso no local.
Ainda de acordo com a PM, as plantas foram desenterradas e levadas para a delegacia da cidade. Um boletim de ocorrência foi registrado.

HOMEM EMBRIAGADO AGRIDE MULHER NO BAIRRO SAPUCAÍ EM JACUTINGA

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

A polícia militar na data do dia 21/11 por volta das 22:40 foi solicitada a comparecer no Bairro Sapucaí, onde segundo a vítima seu amásio, Oliverio Vicente Dhora,chegou a sua casa embriagado e do nada lhe agrediu com tapas, chutes e murros, em como a empurrou contra o portão de madeira, que não houve mais agressões devido a intervenção de parentes que o fez correr para o mato.

CIGANO É PRESO POR DIRIGIR EMBRIAGADO E CAUSAR ACIDENTE

IMAGEM ILUSTRATIVA

A polícia militar no dia 21/11 por volta das 12:30hs recebeu informações que um veículo parati cor prata, estava sendo conduzido na Rua Marechal Deodoro por um cigano e que este estava embriagado sendo realizado rastreamento no local, após alguns minutos a PM recebeu informações que o referido veículo havia se chocado contra dois carros que estavam a sua frente.

Ao chegar ao local os Pms se depararam com o autor Vanderlei Fernandes aparentando embriagado sendo que este  não conseguia andar e estava apoiando nos carros para não cair, tendo os olhos avermelhados e com dificuldade em falar, ao ser questionado a respeito dos fatos este disse que realmente bebeu algumas pingas e que tentou frear o veículo e não conseguiu, momento em que Vanderlei ficou agitado dizendo que iria embora, sendo feitos pelos policiais uso de força  física moderada para colocar as algemas e o indivíduo na viatura.


O autor Vanderlei foi preso em flagrante delito por crime de transito estando dirigindo embriagado e por ter causado acidente colocando em risco a integridade física de terceiros.

LOTE É INCENDIADO E CAIXAS DE PEÇAS FURTADAS EM JACUTINGA


Compareceu ao órgão policial, A VITIMA Sr Alexandre e relatou que nesta data foi informado por terceiro no horário 04h30 que o terreno de propriedade de sua irmã L.V.F. lote 8 Bairro Jardim Colina Dois, estava sendo incendiado.


Diante da informação o mesmo deslocou até o lote no horário de 07H15Min e deparou com o lote queimado, o rancho destruído, as telhas caídas ao solo, e do local foram furtados 02 caixa de peças diversas de caminhão de propriedade do SR Alexandre, contendo embreagem; plator de caminhão, anel, lona de freio de caminhão e uma marreta grande de cabo vermelho. Do delito a vítima não possui suspeita da autoria do fato. A Vítima foi orientado em como proceder. Registro este para futuro efeitos.

CIGANO É PRESO POR DESACATO EM JACUTINGA


A Polícia Militar de Jacutinga no dia 21/11 recebeu várias denúncias anônimas através do 190, dizendo que o cigano conhecido por “Tambor” estava em um bar próximo à praça portando uma arma de fogo exibindo e dizendo em tom ameaçador as seguintes palavras “Pode chamar a polícia, a bosta que vocês quiserem” e em seguida saiu do local em uma caminhonete Hilux cor prata.


Diante do fato foi iniciado rastreamento e o autor localizado a Rua Pedro Rubim em frente à casa de sua mãe, sendo realizado busca na caminhonete e no autor e nada a princípio foi localizado, momento em que o autor começou a gritar com os militares que participavam da abordagem dizendo o seguinte: “Eu ando armado mesmo só que vocês nunca irão achar porque eu não sou otário e tem mais eu quando for usar vou dar um tiro bem na testa de vocês que não vai ser preciso dar outro”. 

Ao ser advertido pelos militares sobre sua conduta e para que falasse mais baixo o autor novamente repetiu as palavras e dizia ainda que era para todos os vizinhos escutarem, para ver que cigano não brinca quando fala, do exposto foi dado voz de prisão em flagrante delito ao autor por crime de ameaça e conduzido ao HPS e sendo seus direitos constitucionais garantidos.

HOMEM MATA EX-MULHER A FACADAS EM ITAPIRA-SP

sexta-feira, 21 de novembro de 2014
Uma discussão entre um casal recém separado terminou em morte na manhã desta terça-feira (18) em Itapira.
O ajudante de produção Ednilson Pacheco Machado, 32, matou a facadas sua ex-mulher, a auxiliar a de produção Maria de Fátima Gomes, 42.
O crime aconteceu na casa da vítima, à Rua Mauro Simões, esquina com Leonardo André Scieve, no Flávio Zacchi. Segundo testemunhas, Machado chegou ao local por volta das 07h00 e chamou por Maria de Fátima.
Maria de Fátima foi morta a facadas
Maria de Fátima foi morta a facadas
No quintal da residência, eles passaram a discutir e o homem sacou uma faca, desferindo vários golpes contra a mulher. As facadas atingiram a região do peito, braços e pescoço, causando morte instantânea de Maria de Fátima.
O assassino deixou o local e se abrigou na casa de familiares, na Rua do Cubatão, onde momentos depois foi preso em flagrante pelos policiais militares Xavier e Brito.
Ele não esboçou qualquer reação ao ser detido, e foi levado à Delegacia de Polícia, sendo recolhido à UDTE (Unidade de Detenção, Triagem e Encaminhamento) de Itapira.
O delegado titular Fernando Zucarelli Pinto foi ao local do crime, acompanhado de investigadores do SIG (Serviço de Investigações Gerais).
Machado foi preso pouco depois do crime (Reprodução)
Machado foi preso pouco depois do crime (Reprodução)
A Polícia Militar preservou o local até a chegada do IC (Instituto de Criminalística). Segundo apurado pela reportagem, o casal estava separado há oito meses.
O relacionamento dos dois resultou em uma filha, hoje com cinco anos, que estava na casa no momento do crime, m mas saiu correndo quando a briga começou e se refugiu na casa de vizinhos, segundo testemunhas.
Ao lado do corpo, os investigadores encontraram a faca utilizada no crime, que foi apreendida. Segundo um familiar, o autor do homicídio não escondia os ciúmes da ex-mulher e já vinha fazendo ameaças de morte contra a mesma.
O corpo de Maria de Fátima foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Mogi Guaçu, onde passará por exames necroscópicos antes de ser liberado à família.

Formatura do Programa PROERD da Polícia Militar acontece dia 4 de dezembro em Monte Sião


No próximo dia 4 de dezembro de 2014, mais de 360 crianças de nove escolas incluindo municipais, estaduais e particular irão se formar no PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas.
As aulas estão sendo ministradas nas próprias salas de aula das escolas em um total de dez encontros, onde o professor e policial militar, Soldado PM Rafael Jaconi, ensina os conceitos básicos da boa conduta em sociedade, como os jovens devem proceder para ficar longe das drogas, aprenderem um juramento que é feito para as autoridades presentes no dia da formatura e fazerem uma redação com o tema Proerd Vida e Paz, onde uma de cada escola é destacada.
Segundo à  Polícia Militar de Monte Sião, há uma previsão de que no próximo ano mais de mil alunos das escolas da cidade se formem.
Todos os jovens ganham uma camiseta do Proerd que este ano conta com o patrocínio de 260 delas feitas pelo Conselho Comunitário de Segurança Pública de Monte Sião, as demais foram doadas por bancos da cidade e o CRAS do município.
A festa de formatura irá acontecer na quadra do Colégio Objetivo cedido gentilmente para este tipo de evento e terá a presença do mascote do PROERD, de autoridades da cidade e da região além da população que esta toda convidada.
O evento tem início ás 18 horas.

Conheça mais sobre o Programa da Polícia Militar PROERD.

O que é o Proerd
O Programa Educacional de Resistência às Drogas consiste num esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família.
Tem por objetivo dotar jovens estudantes de informações e habilidades necessárias para viver de maneira saudável, sem drogas e violência. Secundariamente se propõe:
Emponderar jovens estudantes com ferramentas que lhes permitam evitar influências negativas em questões afetas às drogas e violência, promovendo os fatores de proteção e suas habilidade de resistência.
Estabelecer relações positivas entre alunos e policiais militares, professores, pais, responsáveis legais e outros líderes da comunidade escolar.
Permitir aos estudantes exergarem os policiais militares como servidores, transcendendo a atividade de policiamento tradicional e estabelecendo um relacionamento fundamentado na confiança e humanização.
Estabelecer uma linha de comunicação entre a Polícia Militar e o público infanto-juvenil.
Replicar informações e Políticas Públicas relacionadas à prevenção de drogas e violência.
Abrir um diálogo permanente entre a "Escola, a Polícia Militar e a Família", para discutir questões correlatas ao eixo drogas.
É aplicado por policiais militares voluntários, devidamente qualificados para a atividade. Suas aulas ensinam, de forma cativante, descontraida e lúdica, maneiras de resistir às diferentes pressões para o consumo de drogas. Tem se mostrado eficiente para a reflexão, discussão e prática de valores morais, éticos e sociais voltados à prevenção desse fenômeno.
O sucesso desse programa de prevenção perpassa pelo direcionamento de conteúdos devidamente preparados e direcionados a públicos específicos, numa aplicação continuada no ambiente escolar, utilizando aulas interativas focadas nos anos iniciais da infância até a fase adulta.
O Proerd possibilita à Escola complementar seu projeto pedagógico, segundo o que prescreve a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) em seu artigo 2º: A educação, dever da família e do estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.  
Considerando-se, ainda, que a filosofia do Programa prevê o direcionamento de ações a toda comunidade escolar e, de forma especial, aos pais e responsáveis promovendo uma reflexão sobre a importância da família como ambiente primeiro da prevenção, pode-se afirmar que o Proerd tem se tornado instrumento fundamental para a integração das famílias no processo educacional, no qual o diálogo torna-se proposta prioritária para a melhoria da qualidade de vida de nossas crianças.
São observados os seguintes benefícios no desenvolvimento do Proerd:
"Humaniza" a ação policial militar, momento em que os jovens se referem aos Aplicadores da Lei de forma pessoal.
Permite aos estudantes exergarem os policiais como servidores, não apenas como Aplicadores da Lei.
Estabelece uma linha de comunicação entre os Aplicadores da Lei e a Juventude.
Os policiais servem como vetores de informações qualificadas e de políticas públicas de prevenção ao consumo de drogas.
O Proerd abre um diálogo permanente entre a Escola, a Polícia e a Família, para discussão do fenômeno "drogas".

FONTE: PORTAL TONOGIRO

Motociclista morre ao ser atingido por carro que invadiu a contramão em Águas de Lindóia



O motociclista S. de 28 anos e residente em Monte Sião morreu na madrugada desta quinta-feira 20, ao ser atingido por um veículo que trafegava na contramão na Avenida Monte Sião, que liga Águas de Lindóia a Monte Sião.
 De acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista do carro perdeu o controle e invadiu a pista no sentido contrário.
 O acidente aconteceu no trecho de pista simples da rodovia, na altura do km 175. O motociclista chegou a ser socorrido, mas morreu antes de dar entrada no hospital. O motorista do carro fez o teste do bafômetro, mas o resultado não apontou dosagem de álcool no organismo. Mesmo assim, amostras de sangue foram coletadas para exames mais completos. Ele vai responder pela morte em liberdade, pelo menos até que os novos resultados sejam divulgados.

Homem morre após ser atacado por enxame de abelhas em Andradas, MG


Um homem de 42 anos morreu após ser atacado por um enxame de abelhas enquanto praticava escalada na Pedra do Pântano, na zona rural de Andradas (MG), nesta quarta-feira (19). Segundo o Corpo de Bombeiros de Poços de Caldas (MG),  Davi Augusto Marski Filho estava acompanhado por um amigo, de 58 anos, que mesmo após ser atacado, conseguiu percorrer dois quilômetros de mata fechada até chegar à estrada e pedir ajuda.
De acordo com os bombeiros,  quando Marski foi encontrado, já estava morto. A escuridão e o acesso complicado dificultaram os trabalhos dos bombeiros, que precisaram usar técnicas de escalada para chegar ao local. O corpo estava pendurado a uma altura de cerca de 12 metros e tinha uma fratura no crânio, além de mais de cem picadas de abelhas pelo corpo. Os militares acreditam que ele tenha  caído de uma altura de cerca de oito metros e batido a cabeça ao tentar fugir do ataque dos insetos. Na mochila dele, foi encontrado um antialérgico injetável.
Em uma rede social, Marski revela a paixão pela aventura. Na terça-feira (18), ele publicou uma foto dos equipamentos e comentou que no dia seguinte, bem cedo, partiria para Andradas.
O corpo dele foi removido e levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Poços de Caldas, onde a necropsia constatou que ele morreu em decorrência de choque anafilático e asfixia provocados pelo veneno das abelhas.
Já o amigo da vítima foi socorrido para o pronto-socorro de Andradas e em seguida encaminhado para a Santa Casa de Poços de Caldas. Segundo informações da assistência social do hospital, ele permanece internado em observação, mas sem risco de morte. Os dois são de Hortolândia(SP).

Polícia Rodoviária apreende 42 porções de maconha em Monte Sião-MG






Em 19 de novembro, a Polícia Militar Rodoviária de Ouro Fino realizava a Operação Antidrogas na MG 459 em Monte Sião quando abordou o condutor da motocicleta Honda/CG, cor preta, placas de Águas de Lindoia-SP. Durante busca pessoal no passageiro, menor de idade, foi encontrado um recipiente plástico contendo 42 porções de maconha. Os autores disseram ter adquirido a droga em Ouro Fino. Diante do exposto o menor de idade foi apreendido e o condutor preso. Ambos foram encaminhados à delegacia local para demais providências.

Jacutinga participa de campeonato de futebol amador no bairro rural da Barra


A competição reuniu equipes de diversas cidades de toda a nossa região
         Aconteceu no último domingo, a final mais uma edição do Campeonato de Futebol Amador da Barra, bairro rural que fica na divisa dos municípios de Jacutinga, Andradas e Ouro Fino. Pela categoria Master, que reúne as equipes mais fortes da competição, disputou o título oito equipes da região. Na final o América de Andradas enfrentou os Limas de Ouro Fino, que levaram a melhor, vencendo a equipe de Andradas por 4x2.
         Após a disputa da final o prefeito de Jacutinga, Noé Francisco Rodrigues, entregou uma placa homenageando o Sr. José Constantino, que não só tem promovido a competição, mas também incentivado o esporte no bairro rural da Barra. O homenageado disse se sentir honrado com a placa, e que pretende dar continuidade ao trabalho que vem desempenhando no bairro em prol do esporte. “É um prazer organizar este campeonato, e pretendo em quanto for possível realizar esse campeonato todo o ano. Eu agradeço a todas as equipes participantes e todos que colaboraram, autoridades e imprensa em geral. Eu tenho orgulho de estar representando o nosso bairro”, comentou o homenageado José Constantino.

         O Campeonato de Futebol Amador da Barra, que está em sua quinta edição, é dividido em várias modalidades, e na categoria principal, o campeão deste ano foi a ADMG – Associação Desportiva de Minas Gerais, que venceu a competição em uma partida emocionante, onde derrotou o Esporte Clube de Ouro Fino nos pênaltis por 9x8. Nossos parabéns ao Sr. José Constantino pela justa homenagem e especialmente pela iniciativa de promover o esporte no bairro onde vive.

XII Semana Cultural de Jacutinga foi um sucesso com criação da Academia Jacutinguense de Letras


            Jacutinga foi palco da 12ª edição da Semana Cultural de Jacutinga, evento que tem por objetivo divulgar e promover a cultura em seus mais diversos segmentos em nossa cidade. Para edição deste ano a Prefeitura Municipal, através do Departamento de Cultura, em parceria com Associação Cultural de Jacutinga, prepararam uma programação especial para a população local e os visitantes.
            Na abertura no feriado de 15 de Novembro, a Semana Cultural contou com a presença de diversas autoridades, dentre as quais o Prefeito Noé Francisco Rodrigues, o vice-prefeito Luiz Carlos Crivelaro, os secretários Eduardo Bortolotto Filho da Administração e Finanças e Miler Molliani de Lima, da SEDECON – Secretaria de Desenvolvimento Econômico; além dos vereadores Daniel Bernardes de Lima, Agnaldo Roberto de Lima, Homero Luiz Nardini e Carlos Rodrigues da Silva, o popular Carlinhos do Transporte.
            Após o Prefeito Noé Rodrigues abrir oficialmente a XII Semana Cultural de Jacutinga, teve início à cerimônia de criação da Academia Jacutinguense de Letras Dr. João Alves, que tem por objetivo cultivar a língua portuguesa; cultivar e incentivar a literatura nas mais nobres finalidades; promover o conhecimento e a disseminação de obras literárias de expressivo valor; apoiar movimentos literários e artísticos; enaltecer a figura daqueles que contribuíram para o patrimônio cultural e artístico do município; e estabelecer convênios e parcerias com entidades para oferecer apoio na realização de concursos literários, formação e organização de bibliotecas, palestras e conferências e outras promoções ligadas à sua finalidade.
            A cerimônia de abertura da entidade cultural contou com a participação de familiares do Dr. João Alves, exímio precursor de inúmeros movimentos cultuais que marcaram nossa cidade. Tomaram posse como acadêmicos imortais e membros fundadores da Academia Jacutinga de Letras a escritora e advogada Alessandra Varisco, a farmacêutica e blogueira Cláudia Almeida, a jornalista Daniela Maria de Cássia Barbosa, o articulista Eduardo Bortolotto Filho, o advogado e escritor Paulo César Crivelaro, o advogado e jornalista Emerson Silva Fernandes e o jornalista Rodrigo Alves de Carvalho.

            A criação da Academia Jacutinguense de Letras Dr. João Alves é um marco para nossa cidade, que passa a contar com uma entidade voltada especialmente a defesa da cultura literária nos seus mais diversos segmentos, para que as raízes e a tradição da nossa língua sejam defendidas e resguardadas para posteridade de forma a permitir que Jacutinga seja reconhecida, não somente como uma estância hidromineral e a capital nacional das malhas, mas também por defender as raízes da nossa língua pátria.

Cadastre-se abaixo e Receba os downloads em seu E-mail

Menu